20.6.15

relacionamento

Um relacionamento amoroso só dá certo — e até duuuuuura bastante — quando os dois amantes amam também a liberdade. Ou quando ambos a sacrificam, simultaneamente. Tem que haver um pacto. Pois, se apenas um deles amar realmente a liberdade, a coisa desanda — e a separação é fatal.

4 comentários:

Edson Marques disse...


Eu e as Madrugadas nos adoramos.

http://mude.blogspot.com.br/2015/06/relacionamento.html

...

Anônimo disse...


http://criatividadeaplicada.com/2007/04/09/pensamento-lateral-como-se-libertar-dos-bloqueios-mentais/

http://www.edwdebono.com/

https://www.portal-gestao.com/item/7532-edward-de-bono-a-criatividade-atrav%C3%A9s-do-pensamento-lateral.html

Anônimo disse...


https://www.facebook.com/EdsonMarquesMude/posts/10205887808146575

Continuando meu tema no Facebook.

Edson.

Edson Marques disse...

O Caminho da Dupla Salvação.

Numa relação a dois, impossível salvar um só. Para que a relação se mantenha, ambos devem se salvar — ou ambos se estragam. Se um só pretender salvar-se, a relação se desfaz. Então, ambos devem percorrer, amorosamente, o Caminho da Dupla Salvação.

Tornar-se desnecessário é o primeiro passo nesse caminho ensolarado. Nunca permita que alguém dependa de você. Conceda liberdade ao teu Amor. Liberte aqueles que convivem ao teu lado. E faça tudo para que a recíproca também se realize.