19.5.15

le livre

É disso, é só disso que trato nos meus livros: ideias novas, sagração da liberdade — e gramática do Amor. Como sei que você gosta dessas coisas, eu te convido a navegar comigo, por uns tempos, sem bússola e sem mapas. Porque minha literatura é amorosa e, embora profunda, só tem uma proposta: a prática viva da Liberdade absoluta. Le livre de la Liberté!

4 comentários:

Edson Marques disse...


Não vejo outro caminho gostoso possível.

http://mude.blogspot.com.br/2015/05/le-livre.html

É a vida.

Edson Marques disse...


Se todo amor fosse eterno aquele teu primeiro já teria sido.

Edson Marques disse...


Quando eu falo em Saltar no belo azul profundo da Vida — tem gente que pensa que é um salto para baixo... Mas eu me refiro a um salto para cima. O salto mais profundo e mais gostoso é aquele que damos pra cima!

Edson Marques disse...


Como na fabulosa história chinesa, minha vida é uma vela que queima dos dois lados: vai durar pouco, mas pouco importa, pois seu brilho intenso ilumina a face amante do meu Amor.