13.3.15

jesus mestre zen

Quando uma pessoa normal fala em morte, ela está se referindo à morte biológica. Quando um mestre zen fala em morte, ele está se referindo à morte metafórica. Jesus não era uma pessoa normal. Jesus pregava a morte metafórica. Quando ele dizia que a felicidade só existe depois da morte, ele propunha que abandonássemos esta vida. Que a trocássemos por outra, melhor. Mas os idiotas pensam que Jesus era um imbecil, e que estava pregando que a felicidade só virá depois da morte biológica. Nada disso! O que Jesus pregava — em verdade, em verdade — era a morte do apego, da inveja, do ciúme, do ódio e da cobiça. Olhai os lírios do campo e os pássaros do céu — dizia Ele. Mas os idiotas jamais olham para o céu. E acham que as asas foram feitas para guardar dinheiro e proteger as posses... Os idiotas jamais entrarão no Reino de Deus.

3 comentários:

Edson Marques disse...


Eu e as Madrugadas nos adoramos!

http://mude.blogspot.com.br/2015/03/jesus-mestre-zen.html

Edson Marques disse...

A realidade é um muro de pedra que só o sonho derruba.

Edson Marques disse...


O poeta vê a flor e o seu perfume. O filósofo vai além — e vê as moléculas do perfume e os átomos da flor. Mas só o meu Amor consegue ver a intenção maior do jardineiro.