20.12.14

preconceito

Impossível ter um preconceito e ser livre ao mesmo tempo.

2 comentários:

Edson Marques disse...


A vida é um Sábado!

http://mude.blogspot.com.br/2014/12/preconceito.html

Edson Marques disse...


Uma das três coisas com que a Filosofia ainda hoje se ocupa é a Estética. As duas outras são a Moral e a Epistemologia. Portanto, e desde Aristóteles, o estudo do Belo pertence ao campo da Estética. Da aparência. Logo, a avaliação da beleza de uma mulher (*) tem que considerar o seu corpo, não o seu cérebro. Suas curvas, não suas sinapses. A beleza é uma questão puramente estética. Querer transferir esse tema para a neurologia não é uma atitude muito inteligente. A medicina não deve se meter nesse assunto.

(*) De uma mulher, de um homem, de um cavalo, de um beija-flor, etc.

Texto escrito agora, a propósito de um elogio que fiz ao corpo de uma amiga. Que é bonita por ser bonita, independentemente da inteligência. Aliás, se o critério para julgarmos o Belo fosse o QI, a professora Maria da Conceição Tavares seria muito mais bonita do que ela...


Ainda será revisado.