16.7.14

caderno adolescente

Não espere muito de mim. Sou apenas um poeta libertário, nada mais. Minha biografia cabe em duas ou três linhas de um caderno azul adolescente. Sou amante da Liberdade Absoluta, e é por isso que meu coração inocente se apaixona todo dia. Sou também humanista, existencialista e provocador. Sou rebelde, radical, inconformista. Não tenho pressa e não tenho medo, nem ciúmes ou rancor. A alegria me excita. O risco poético, também. Gosto de mim e de você, de música e de vinho, de flores e estrelas. O Deus que eu venero chama-se Amor. Enfim, eu adoro dançar à beira do abismo, em cordas bambas de seda. De olhos bem fechados.

2 comentários:

Edson Marques disse...



A vida é um caderno adolescente. E Deus vive escrevendo nele.

Ou será que somos nós que escrevemos nele?

http://mude.blogspot.com.br/2014/07/caderno-adolescente.html

Vou agora à Vila Madalena. Ver mais uma obra de arte que estou fazendo lá...


ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Caro amigo

Quando a vida
nos exita,
a vida dança com nosso espírito,
em algum dos muitos caminhos
da nossa existência.

Desejo para ti,
a vontade infinita de ser feliz,
amando de forma plena
cada segundo da vida,
sem ontens ou amanhãs,
mas com a certeza e as possibilidades
do presente...