24.12.13

vo vitalina

Certa vez, enquanto tomávamos café, minha Vó Vitalina deu-me uma folha de papel, e me disse: "Olhe, este é o mapa da felicidade...". Era, em verdade, um pedaço de papel de embrulho, meio amassado, com um monte de riscos, feitos a lápis, a olho, sem nenhuma ordem. Entendi a metáfora. Descobri o caminho. Encontrei o tesouro.

Um comentário:

Edson Marques disse...

Viva, a Vó Vitalina!

http://mude.blogspot.com.br/2013/12/vo-vitalina.html