16.8.13

obra de arte amor

Leonardo da Vinci não conheceu Angelina Jolie. Portanto, temos que perdoá-lo pelos lábios finos da Mona Lisa. Mas não será por isso que agora iremos alterar o quadro... Não se altera uma obra de arte — mesmo que suponhamos estar melhorando-a. Da mesma forma, temos que aceitar um grande amor como ele é. Tentar corrigi-lo é uma falta de respeito ao Criador.

2 comentários:

Edson Marques disse...

Leonardo é meu descendente.

Isso mesmo: descendente... rs!

(Eu não quis dizer antecedente.)

Flores para ele e Mona Lisa!

Gustavo Espeschit disse...

Amigo Edson. O post ao qual você se refere no seu comentário é o que segue no link: http://rascunhosenarrativas.blogspot.com.br/2010/08/mude.html Confere?? O poema não está creditado à Clarice Lispector, e devidamente a Edson Marques. Verifique o canto direito abixo do poema. O que está de Clarice é somente uma citação que está abaixo do mesmo! O poema é maravilhoso mesmo e eu o conheci no CD Filtro Solar. Favor verificar, e se quiser repetir seu comentário abaixo do referido post acho que seria melhor visualizado