28.8.13

brilho da sabedoria

"Desconfie sempre da sabedoria convencional. O senso comum precisa ser confrontado com perguntas, muitas perguntas. Algumas não levarão a nada; outras vão produzir respostas absolutamente surpreendentes."
Steven Levitt: Freakonomics.

Mas desconfie também da burrice convencional...

3 comentários:

Edson Marques disse...

(...)
Aranha em teia de luz, o professor não prende — liberta. Carrega o giz como fosse uma flor, com amor. E quando faz a linha tem firmeza, mas não separa. Ora Dali, ora Picasso, vai colocando a tinta, pondo seu traço, amando seu gesto, compondo a canção. Enaltece o risco do sonho, o círculo do fogo, a pureza da alma, o princípio da vida, o anel da esperança.

Considera o aluno obra de arte quase inacabada. Ama-o como se fosse um anjo. E nunca vai matar-lhe no peito a vontade de ser livre.

O professor é o amigo sincero que ajuda o aluno a superar os limites da vida, desbravando com determinação e ousadia essa fantástica região chamada Experiência
(...)

O texto todo pode ser lido aqui: http://www.edmalux.blogspot.com.br/2005_09_21_archive.html

Edson Marques disse...

Ah! Desconfie também da burrice convencional...

Ritinha disse...

Bom dia!
Perfeito!
Desconfiando buscamos a verdade.
Pois na desconfiança questionamos.
Adorei!
Amando este lugar.
bjs
Ritinha