22.1.13

promessa

Acabo de fazer uma promessa: Vou sobreviver a todos os meus amores. Naufragar por causa deles — jamais! Posso até me afundar um dia, quem sabe, mas ao voltar à tona trago nos dentes o punhal do pirata. Afundo-me em nome da liberdade, mas trago depois, enrolada na língua, a pérola pura, pois fui capaz de morder com doçura a ostra hesitante. O aventureiro que habita meu corpo pode até simular um naufrágio em teu nome, meu amor.
— Mas jamais quererei te salvar...

6 comentários:

Edson Marques disse...

Porque cada um é responsável por sua própria salvação.

É a vida...

http://mude.blogspot.com.br/2013/01/promessa.html

Alessandra disse...

Eu também sobreviverei a todos eles! já foram dois rsrsrs e depois ressurgirei como uma fenix que renasce das cinzas explorando a capacidade ao maximo de superar dificuldades.
Flores

Denilce Luca disse...

M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O!!!

Suzi disse...

Preamar... a salve. Coitadinha!

Seduzida, mordida, devassada, subtraída, vítima de simulação e naufrágio, largada à própria sorte e salvação. E o punhal?!! Temo até pensar. Sem contar a insinuação de covarde, pois hesita e de burra, pois teria que obrigatoriamente saber que teria que se safar sozinha porque naufrágio viria. Oh! Dó.

Coitadinha nada! Se ela freqüentasse o MUDE nunca cairia nessa... Bem feito! Na próxima ela aprende.

Se bem que... Agora imaginando e pensando melhor, mordidas com doçura... Devam valer um naufrágiozinho básico... Rs.

"É doce morrer no mar
Nas ondas verdes do mar
..."

Edson Marques disse...

Uma reflexão sobre o Amor. nesta madrugada deliciosamente única:

Não basta transformar a musa em deusa: é preciso que você também se deusifique. Transformá-la em Deusa, e continuar amando como apenas os mortais amam — isso não tornará esse amor Divino, jamais!

Você sabe: o coração de um simples mortal não consegue amar divinamente.

Anônimo disse...

Muito legal seu blog Edson,amo a cada manhã poder saciar meu coração com suas palavras tão doces,fortes,emotivas e sinceras...Ando compartilhando muitos dos seus textos...Espero que não se importe...beijos

Luh