29.12.12

fim do ano

Já estamos quase no fim do ano. E você continua aí, do mesmo jeito, andando pelas mesmas ruas, girando as mesmas chaves para abrir as mesmas portas? Sentado nas mesmas cadeiras, ao lado das mesmas mesas, fazendo sempre as mesmas coisas? Com os mesmos amigos, os mesmos amores, a mesma visão do mundo? Com os mesmos medos e preconceitos? Abraçando as mesmas pessoas, tocando os mesmos corpos, com o mesmo jeito, os mesmos toques, e o mesmo estilo? A mesma instável estabilidade? Repetindo a mesma angustiante rotina? Onde está aquele maravilhoso projeto de Vida?! Onde está a coragem de mudar, a coragem de criar? Onde aquele entusiasmo e aquela ousadia de outrora? Onde aquela gostosura tão buscada? Onde estão aqueles sonhos todos?

16 comentários:

Edson Marques disse...

Sempre é hora de retrospecto, mas o fim do ano é mais ainda.

http://mude.blogspot.com.br/2012/12/fim-do-ano.html

sonia k. disse...

O que escreve acima é a indagação que seu poema MUDE responde.
Tudo está presente na mudança de atitudes, na renovação da ânsia de viver.
Às vezes as pessoas vão caminhando e, como se diz nas Minas Gerais, "perde o galeio".
Daí precisa de um pequeno ou grande empurrão pra tocar em frente. Mas isto faz parte... é a vida!
Tenha um lindo dia!

Rosângela Cunha disse...

"MUDE... Veja o mundo de outras perspectivas!"

Anônimo disse...

Uma vez li um texto de um ser que se dizia livre e pregava a liberdade acima de tudo. Tudo em palavras. No entanto a covardia do pobre infeliz estava evidente quando mencionou que não aceitou um relacionamento por que a mulher gostaria de te-lo só para ela. Fato que o fez desistir da mulher.
Como é possível estar livre quando se está preso a conceitos e princípios. O conceito dele era de que como a mulher queria exclusividade isto o tornaria desprovido da liberdade. Como resultado ele mesmo se prendeu e fechou as portas para novos caminhos. Não podemos confundir liberdade com falta de coragem.

RioSul disse...

Olá, Edson Marques amigo

Hoje vim apenas desejar um 2013 Feliz pra você!

Pense que ...

"Para sonhar um ano novo que mereça este nome,

você tem de merecê-lo,

tem de fazê-lo novo,

eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo

cochila e espera desde sempre."

(desc. autoria)

Façamos desse Novo Ano um RECOMEÇO!

De Paz, Harmonia, Saúde, União e Amizade !!!

Abraços

RioSul

Edson Marques disse...

Sonia,

Eu não conhecia essa expressão "perder o galeio". Fui procurar o signficado de Galeio:
"Movimento rápido do corpo, para o lado ou para trás; REQUEBRO."

Perder o jogo de cintura...
Sim, isso acontece com quem não tem coragem de mudar.

Gostei da tua intervenção!

Flores.

Edson Marques disse...

Rosângela,

Concordo: temos que mudar. Ver o mundo de novas perspectivas. Porque, se o virmos com as mesmas perscpectivas, toda mudança só é aparente. A coisa fica muito passiva. Temos que ser agentes!

Viva a Ação!

Flores...

Edson Marques disse...

"Anônimo",

Eu não gosto muito de responder aos "anônimos", mas às vezes lhes concedo essa glória... rs! No teu caso, devido a uma frase que achei "perfeita" para servir como gancho quando eu der uma palestra sobre como NÃO escrever.

Você demonstrou toda a sua "capacidade" intelectual ao dizer: "a covardia do pobre infeliz estava evidente".

Uma dica:

Experimente conhecer Sartre (por exemplo), e, antes de tentar argumentar sobre esse assunto, aprenda alguns conceitos básicos, tais como liberdade, exclusividade, conceito, princípio, coragem, etc.

É o máximo que posso fazer por você...

Edson Marques disse...

Riosul,

Obrigado pela lembrança!

Fui lá te rever, e teu blog continua sendo um Blog de Ouro.

Abraços,

Suzi disse...

Conceitos básicos da minha mãe: educação, respeito ao próximo e a si mesmo. Duas pessoas podem pensar diferente sobre uma mesma coisa, não precisam brigar nem lançar ofensas. Aprenda a ouvir antes. Não ser inconveniente de graça, saber se por e caso necessário, se impor. E... SEMPRE assumir o aquilo que faz. Taí a explicação para que eu seja a pérola que sou hoje! Rs... Né Edson, mestre de porra nenhuma? "Num" arresisti!Rs... Vou te eleger, Edson, o pensador.

Suzi disse...

"Tavo" fazendo o que o seu "mest..", digo, pensador mandou... e bem feitinho. Sendo livre e feliz!

Suzi disse...

Desculpe o erros de digitação acima, foi o dragãozinho unhudo que digitou... e ainda tava cuspindo foguinho.Crianças...

Virgínia Viana disse...

E quando se tem varias visões do mundo mas não ha ação portando não ha mudança concreta e isso fere o coração e você só se sente livre em palavras nesse samba ilusório..cansa ser apenas essa ilusão, chega uma hora que teu copo tua alma se remói e contorce querendo vida, querendo tato.

Edson Marques disse...

Sim, claro.

Ou não.

Virgínia Viana disse...

Ao menos eu tô assim.. tô triste.

sonia k. disse...

O famoso "...ou não" do Caetano é genial para algumas respostas ou colocações.
Ou não...
E Suzi, v. não só é uma, mas consegue colocar pérolas constantes.
Beijos e carinhos