16.10.12

se faz sol

Se a palavra me fere, não sou eu que desmaio — ela que perde o sentido.
Se um verbo me agride, não revido: me esquivo.
Se quebram meu brinquedo, eu conserto.
Se me roubam o carro, compro outro.
Se furam minha bola, tenho mais.
Se acaba o vinho, tomo leite.
Se chove, danço na chuva.
Se faz sol, me bronzeio.


Para mim, tudo é motivo para viver.
Só se me faltar a Liberdade é que me sentirei morto!

9 comentários:

Edson Marques disse...

Madrugadíssima. Os passarinhos ainda nem acordaram...
É a vida.
http://mude.blogspot.com.br/2012/10/se-faz-sol.html

Edson Marques disse...

Pensando em J.A. E também em alguns outros amores.

sonia kahawach disse...

V. ainda dorme, pois é cedo demais pelo horário que foi dormir. Aqui o dia é cinza e o sol faz uma força enorme pra chegar, mas acho que não vai dar. Os pássaros cantam desde a madrugada, dia raiando.
Tenha um ótimo dia!

Edson Marques disse...

Sonia,
Veja como podemos ser levados a concluir em desacordo com a realidade: Em verdade, eu acordei de madrugada, por volta das 03h30, e ainda estou aqui, escrevendo, desenhando, fazendo planos em três dimensões, tomando café — e ouvindo pássaros...

É a vida.

Flores!

Edson Marques disse...

Os meus Planos são todos em três dimensões.
Ou mais.

Eu Nos e os Sinos disse...


Bravissimo!
Me empresta esse texto pra um
post em um blog novo?
Faz parte de meus delírios

JOSE MARIA CURADO GONZALEZ disse...

Muy buen trabajo,me gusta.
Felicidades por tu blog.
http://kanito78.blogspot.com.es/

VIDA E LIBERDADE disse...

Os pássaros não cantarão hoje, porque a chuva veio lavar a terra....
Uma barulho melódico toca meus ouvidos neste instante... São pingos de alegria...(ou de tristeza, para alguns)
Eu aqui visitando você....
Para mim, é uma hora boa em que posso estar mais em silêncio e me envolvendo deliciosamente com seus escritos....


Linda madrugada, poeta!

beijos

Edson Marques disse...

Nunca, nenhum dos meus amores conseguirá me prender!