23.3.12

perfume no travesseiro

Ontem à noite eu percebi que Joyce Ann, sussurrando como se rezasse, fez uma longa declaração de amor a um travesseiro azul clarinho. Depois de abraçá-lo com ternura e beijá-lo várias vezes, ela derramou duas gotinhas de perfume sobre ele, e foi colocá-lo delicadamente em minha cama. Por isso é que, mais tarde, quando me deitei, sozinho no meu quarto, fui envolvido nas palavras todas que ela deve lhe ter dito, e sonhei antes mesmo de fechar meus olhos...

Se você ainda não viveu um grande amor assim, saia correndo em busca dele.

Nenhum comentário: