20.1.12

sistema de pensamento

Acontece que todo esse meu sistema de pensamento é aberto. E eu me recuso a aceitar qualquer tentativa de fechá-lo. Prefiro-o escancarado e livre, por mais arriscado que seja isso, a deixá-lo preso a preconceitos bobos. Sei que questiono tudo e todos, mas não me esqueço de também questionar-me, também a mim — antes e ainda mais profundamente — em todos os sentidos. Mesmo quando sinceramente digo "Te amo", eu quero em verdade dizer "Suponho que estou te amando". Minhas convicções são todas passageiras. Nenhuma estrutura emocional tem que ser inabalável. Aliás, é a própria instabilidade questionante radical que deixa minha vida equilibrada. Eu vivo dançando de olhos fechados numa bela corda bamba de seda à beira do azul. De ponta-cabeça.

Nenhum comentário: