24.7.11

swing estrela

Eu me chama. Tenho fogo nas veias. Vivo dançando. Sempre amei a Lógica e a Liberdade absoluta. Desde pequenino sou amante de todos os meus amores. Eu tinha um cachorro lindo chamado Swing e um cavalo negro chamado Estrela. Minha vó Vitalina me ensinou a pecar sem culpa, e meu avô era um louco fazendeiro que nunca desperdiçou a vida. O nome de minha mãe, Iracy, em tupi guarani poético, quer dizer "a mãe do mel". Meu pai gostava de vinho, de girassóis e de Robert Louis Stevenson. Fui gerado com orgasmo ao lado de uma roseira branca — e nasci de parto natural. Além disso, sou primogênito. Livre, solteiro e saudavel. Minha vida é uma festa. Como se vê, abençoado por Deus. E tenho um pacto comigo mesmo pra continuar assim. Portanto, fuja daqui. Ou caia em meus braços...

Nenhum comentário: