9.1.18

labios indecisos



Minha alma hoje foi tocada, foi marcada pela imagem da tua boca. Tua boca — breve, doce, leve, quente...

É disso, menina, é disso mesmo que o meu coração precisa: é de uma boca que suporte — indecisa — uma paixão não revelada, e os meus olhos de vertigem!

Um comentário:

Edson Marques disse...


Poema de amor baseado em fatos reais.

Majestosamente reais!

http://mude.blogspot.com.br/2018/01/labios-indecisos.html