21.6.17

meus olhos

Meus olhos vivem buscando uma bela e gostosa imagem para apresentá-la ao meu coração. Se meu coração for convencido da beleza e da gostosura dessa imagem, ele faz soar o sino mágico do meu desejo — imediatamente. A partir daí, já não é mais comigo... Meu coração é livre, autônomo — Senhor de Mim. E se ele se apaixonar pela imagem bela que meus olhos trazem, como poderei eu dizer "não"?

Um comentário:

Edson Marques disse...


Ainda no meu bercinho, que agora é um tatame rubi, mas que ainda chamo de "colo da minha Mãe".


http://mude.blogspot.com.br/2017/06/meus-olhos.html