26.3.17

fugaz

Grandes paixões sempre duram pouco. A natureza da paixão é ser fugaz e passageira. Ninguém suportaria viver aventuras diferentes todo dia, fascinantes e grandiosas — por muito tempo — com a mesma pessoa... Seria a banalização da gostosura.

Um comentário:

Edson Marques disse...


O tédio é mortal.

http://mude.blogspot.com.br/2017/03/fugaz.html