6.12.16

sem lixo no cerebro

Quero que você agora se apaixone pela raiz de cada coisa. Quero que você abandone as verdades recebidas por herança ou por contágio, e passe a pensar com independência e gostosura. Se você chegou até aqui (não só neste blog, mas na vida!), é porque deve ter aí na cavidade do teu crânio uma parte do sistema nervoso central chamada encéfalo — que abrange o cérebro, o cerebelo, pedúnculos e mais coisas que eu nem sei. Essa máquina sensível requer cuidadosa manutenção. Precisa de carinho, de tempo, de alegria, de leitura, lógica, dedicação, entusiasmo — e muita liberdade.

Não permita, portanto, que joguem lixo e preconceitos no teu cérebro. Não permita que te enrolem os neurônios...

Um comentário:

Edson Marques disse...


É a vida!

http://mude.blogspot.com.br/2016/12/sem-lixo-no-cerebro.html