17.7.16

engraxates da Se



Ontem à tarde estive novamente na Praça da Sé, onde o André engraxa sapatos. Empreendedor confiante e criativo, ele repaginou sua cadeira, cuidadosamente. Amorosamente.



E eu fiquei lá, pensando...







O que será que nós podemos fazer por ele?

Um comentário:

Edson Marques disse...



Mas o André, esse da foto, morreu.

E os herdeiros venderam´lhe a caixa e as escovas e as latinhas de graxa -- sem sequer delas fazer uma foto.

Que maldade!

http://mude.blogspot.com.br/2016/07/engraxates-da-se.html