16.4.16

assim como voce

Assim como você, eu gosto muito de ter razão quando analiso as circunstâncias e emito opiniões a respeito delas — embora saiba que posso estar errado nas coisas que escrevo e nas ideias que defendo. E também nas decisões que tomo ao comandar o meu destino. Entretanto — e felizmente! — considero muito melhor errar a favor da Liberdade do que contra Ela.

Eu respeito também as opiniões contrárias às minhas, desde que bem fundamentadas.

2 comentários:

Edson Marques disse...


Também adoro o direito de às vezes NÃO ter razão.

Mas o que significa "ter razão"?

Quero expandir um pouco mais essa ideia. Pois suponho que a "razão", neste caso, jamais pode ser uma concessão alheia. É resultante necessária de um ato particular, próprio de quem assume uma postura, uma atitude (emocional, intelectual, política, não importa).

Talvez.

Vou pensar melhor...

http://mude.blogspot.com.br/2016/04/assim-como-voce.html

Edson Marques disse...



A propósito do impeachment da Presidente Dilma:

Politicamente, SOU CONTRA, pois o grupo que irá provavelmente assumir o comando da nação — do pondo de vista da ética e da inteligência — é da pior espécie possível. Além do mais, as pessoas que o defendem são geralmente despolitizadas e de estatura cultural capenga. Porém, dadas as circunstâncias atuais, SOU A FAVOR, porque, assim como na vida, às vezes é preciso que haja um retrocesso — para que depois ocorra um avanço.

Cabe aqui a lição do Lênin: "um passo pra trás, e dois pra frente."