16.2.16

minha Vo Vitalina

Hoje uma homenagem à minha inesquecível Vó Vitalina. E ao meu bisavô maluco Luiz Marques.

Mais uma coisa sobre minha vó Vitalina. No dia em que voltei da Primeira Comunhão, ela me abençoou duas vezes com o sinal da cruz, me abraçou, deu parabéns, assou um pedaço enorme de queijo branco na palha de milho, tomou um gole demoraaaaado de café preto — e me deu um conselho inesquecível:

Meu filho, quando a Tentação do Pecado passar por você — e for um pecado gostoso — você tem um único caminho a tomar: Pense em Deus, ponha a mão no coração, olhe para os lados...

...e peque!

2 comentários:

Edson Marques disse...


MINHA Vó!

http://mude.blogspot.com.br/2016/02/minha-vo-vitalina.html

Edilene Torino disse...

Vó Vitalina traduzida por Edson Marques tornou-se mais consaguínea.
Meu aplauso,sempre!!!