4.11.15

origem do tedio

Talvez não sejam as circunstâncias que te enchem de tédio. Pode ser o contrário. Talvez o tédio é que venha de dentro de você — e se esparrama por sobre as circunstâncias. Pense nisso. Porém, e também talvez, o teu atual tédio interno seja produto de vivências (circunstâncias) anteriores. E se o teu atual tédio for realmente produto de circunstâncias anteriores, e caso você não pretenda ficar entediado futuramente, será bom nem passar perto de circunstâncias entediantes. Fuja delas!

Mas temos que pensar um pouco mais a respeito desse tema.

4 comentários:

Edson Marques disse...


Pense nisso.

http://mude.blogspot.com.br/2015/11/origem-do-tedio.html

...

Edson Marques disse...


Talvez, também, o teu atual tédio interno seja produto de vivências (circunstâncias) anteriores.

Temos que pensar um pouco mais a respeito.

Edson Marques disse...


Talvez não sejam as circunstâncias que te enchem de tédio. Pode ser o contrário. Talvez o tédio é que venha de dentro de você — e se esparrama por sobre as circunstâncias. Pense nisso.

Mas, talvez, também, o teu atual tédio interno seja produto de vivências (circunstâncias) anteriores.

E se o teu atual tédio é produto de circunstâncias anteriores, e se você não pretende ficar entediado futuramente, será bom nem passar perto de circunstâncias entediantes.

Temos que pensar um pouco mais a respeito.

Anônimo disse...

Você descobriu um problema grave que se passa no ser humano...
Podem ser mesmo, circunstâncias anteriores que refletem no tédio que atualmente se instala dentro de nós....
Eu voltei....