15.10.15

professor

A tabuada não basta. Como não bastam funções hiperbólicas, variáveis complexas, orações subordinadas. Não bastam Euclides e sua geometria, não bastam as teorias. O professor deve ensinar ao aluno a arte de viver com dignidade, com amor, com liberdade. Não basta falar das guerras, das batalhas, das conquistas — tem que ensinar o aluno a conquistar-se primeiro a si próprio. Não basta falar de política, o professor tem que ser democrata convicto. Deve olhar nos olhos do aluno e dizer-lhe como a vida é. Aumentar-lhe a coragem de crescer. Ensinar-lhe a lógica das emoções e o amor pelo raciocínio. (...)
Leia aqui o texto todo.

Um comentário:

Edson Marques disse...


Os professores merecem nossa homenagem para sempre!

http://mude.blogspot.com.br/2015/10/professor.html