31.8.15

vida

Hoje to com vontade de comer o doce de figo que minha Mãe fazia — com amor e açúcar cristal. O figo era colhido no quintal da nossa casa, num pé, enorme, que ficava perto da mangueira... Claro que o pé de figo já morreu, mas minha Mãe ainda está lá, com toda sua deslumbrante ciência e cuidadosa paixão pelas coisas da vida. (Semana que vem vou lá, deitar no colo dela...)

Um comentário:

Edson Marques disse...


O bocejo deve ter algo a ver com preparação do cérebro para voos mais altos. Oxigenação forçada do sistema, talvez.
Preciso estudar mais esse assunto.
É a vida.

http://mude.blogspot.com.br/2015/08/vida.html