24.8.15

suposicoes

Todos temos o DIREITO inalienável de fazer suposições. Porém, antes de tirarmos conclusões a partir delas, temos o DEVER de avaliá-las — racionalmente. Caso contrário, podemos acabar comprometendo a nossa própria credibilidade.

3 comentários:

Edson Marques disse...


Tudo tem risco.

http://mude.blogspot.com.br/2015/08/suposicoes.html

Até um desenho feito a lápis.

É a vida.

Edson Marques disse...


Toda pessoa que te ama (e que declara isso, sinceramente tal amor) terá o direito de sentir-se frustrada (ou até mesmo violentada) se de você não receber em troca um amor de mesma altura?

Colocado de outra forma: Todo amor recebido tem, necessariamente, que ser correspondido com igual intensidade?

E se dez pessoas nos declararem amor, todas ao mesmo tempo, teremos que amá-las também, TODAS de uma vez, simultaneamente? Ou podemos escolher só algumas? Ou só uma delas? Ou nenhuma...

(...)

Não quero concluir já. Só estou colocando os termos de uma questão que me parece muito importante... Ajude-me a expandi-la.

Edson Marques disse...


Toda pessoa que te ama (e que declara, sinceramente, tal amor) terá o direito de sentir-se frustrada (ou até mesmo violentada) se de você não receber em troca um amor de mesma altura?

Colocado de outra forma: Todo amor recebido tem, necessariamente, que ser correspondido com igual intensidade?

E se dez pessoas nos declararem amor, todas ao mesmo tempo, teremos que amá-las também, TODAS de uma vez, simultaneamente? Ou podemos escolher só algumas? Ou só uma delas? Ou nenhuma...

(...)

Não quero concluir já. Só estou colocando os termos de uma questão que me parece muito importante... Ajude-me a expandi-la.