12.8.15

aqui e o ceu

Eu detesto relações ordinárias. O que é comum tem um poder impressionante de jamais me impressionar. Eu preciso é de êxtase. Eu preciso de alegria, de sonhos, de encantos profundos. Eu preciso de companhias brilhantes. De pessoas que vibrem a todo momento, como se a todo momento fizessem amor. Como se aqui fosse o céu... Porque aqui é o Céu.

2 comentários:

Edson Marques disse...


E a chave da porta fica pendurada no meu pescoço... rs!

http://mude.blogspot.com.br/2015/08/aqui-e-o-ceu.html

Edson Marques disse...


Sê você não domar esse teu belíssimo cavalo selvagem chamado Emoção, jamais vai conseguir cavalgá-lo.

Escrevi isto agora, no Facebook.