28.4.15

meu pai link 002

MESTRE ZEN COM VARA DE MARMELO

Meu pai era racional demais, disciplinado demais, e ético demais. Dominava o cálculo, era íntimo dos números, ensinou-me a tabuada do 13 quando eu tinha sete anos. Quem não sabe a tabuada se fode, ele me dizia. Nasceu para o comando. Era dono de uma violência verbal impressionante — e nunca deixava pra depois as broncas que pudesse dar. Exagerado, tinha seus momentos de loucura: de vez em quando mandava fazer almoços festivos para crianças pobres. Era comum se reunirem duzentas ou trezentas em nosso restaurante.
(...)
Continua AQUI.

2 comentários:

Edson Marques disse...


Acabei de conversar (no facebook) com meu ex-professor de português, Samuel Barbosa.
Gosto muito dele!

Agora, vou ver Blacklist no Netflix.

http://mude.blogspot.com.br/2015/04/meu-pai-link-002.html

É a vida.

Saudades do meu Pai.


Edson Marques disse...


Meu trabalho é escrever apenas, e contar histórias para mudar o mundo. Arriscar a Vida em teu nome e fazer loucuras por mim também. Dançar profundo à beira da aranha, tecer a sorte como se em teia, e acender teu fogo como se em telha.

Nesta manhã de sol, à beira do Amor!

É a vida...

Deliciosa vida!