24.4.15

empanturrado de ternuras

Empanturrado de ternuras — mas sôfrego por glórias — ainda me restava o encanto das sereias. Ainda me restava convidar os meus amores para a dança das estrelas. Foi então que peguei o copo de vinho e tomei o último gole. E saí, decidido a criar condições para as aventuras que hoje vivo. Qualquer outra coisa que eu fizesse aquele dia, qualquer outro caminho que escolhesse — seria uma traição, uma imperdoável traição ao meu espírito livre.

2 comentários:

Edson Marques disse...


Página 152 do meu livro Teoria do Acaso.

http://mude.blogspot.com.br/2015/04/empanturrado-de-ternuras.html

Edson Marques disse...


Acabo de ter a ideia 452.

Criar um curso de inglês gratuito no Guarujá. Totalmente gratuito!

Básico para o futuro Walking Chinese.

Ainda em 2015, antes de setembro.