20.1.15

toques e clicks

Se você não vier me ler agora nada mais aqui fará sentido. São teus dedos e toques e cliques que me acordam duplamente a todo instante. Há uma doce cumplicidade entre a minha e a tua gostosura. Essa voz que canta e dança em minha língua portuguesa é tua, assim como tua é a boca vermelha que escancara os meus gritos de amor e liberdade. São teus olhos diamantes que transformam os meus textos em sagradas escrituras. São teus os lábios deliciosos que conjugam o Verbo Coração no céu da minha boca.

Sem você, eu fico mudo.

3 comentários:

Edson Marques disse...


Esse texto de hoje foi escrito em 1999, e está no meu livro Solidão a Mil, página 325.

Gosto dele.

http://mude.blogspot.com.br/2015/01/toques-e-clicks.html

!!!

Edson Marques disse...

Exigir do amor que seja eterno é traí-lo já no início.

Edson Marques disse...

Haceos de miel, y os comerán las moscas.

Ditado espanhol.