2.10.14

spagheti alla Jesus

Jesus não era vegetariano, pois adorava tagliatelle a Bologna. Mas, em noites mais amorosas, preferia spagheti al sugo. Está lá no Evangelho de Paritosh Keval. Como todo mestre zen, Jesus também cozinhava. Jesus também era humano… Depois do amor a dois, Madalena ainda rolando satisfeita nos tapetes da sala, Jesus ia pra cozinha, preparar um macarrão. Barilla. Pomodori pelati. Parmesão recém-ralado. Cabernet Sauvignon. Se não tivesse, ele pegava do pote... E assim a noite continuava — cada vez mais iluminada. Cada vez mais amorosa e brilhante. Divina.

Um comentário:

Edson Marques disse...


Ficção sobre ficção é sempre uma obra de arte.
Desde que seja bem feita.

Viva Jesus!

http://mude.blogspot.com.br/2014/10/spagheti-alla-jesus.html