6.9.14

abismos

Abismos não existem apenas para que nos debrucemos à borda deles com pretensões de só medir-lhes a fundura. Abismos foram feitos para serem visitados pelas aves livres em que nos transformamos todo dia.

2 comentários:

Edson Marques disse...


Ainda tem vinho de ontem...

http://mude.blogspot.com.br/2014/09/abismos.html

Edson Marques disse...


Deus é a Terceira Pessoa que mais me ama. A Primeira sou Eu. A Segunda é minha Mãe.
Eis a minha Santíssima Trindade!

Escrevi isto na página 15 do livro Humano - Demasiado Humano, do Nietzsche, neste sábado, enquanto comia uma feijoada com caipirinha e cerveja, em SP.

É a vida