25.7.14

eu te cutuco

Daqui você sai diferente do que era quando entrou. Eu quero te provocar, intelectualmente. Quero que você suba ao palco da Vida agora. Por isso é que nas cadeiras poéticas do meu teatro eu coloco um monte de pregos instigantes e palavras que te cortam. Eu te provoco com metáforas de açúcar. Eu te cutuco com verbos e delícias insistentes. Eu te cutuco com flores e estrelas, todo dia, porque eu quero que você pense de modo profundo. Quero que você mude. Quero que você viva.

Enfim, eu quero que você dance no arco-íris de um violino que se chama Liberdade!

4 comentários:

Edson Marques disse...


Agora mais um café com Deus e açúcar e uma viagem até a Vila Madalena SP.

Ver (mais) uma obra de arte em fase de criação...

É a vida!


http://mude.blogspot.com.br/2014/07/eu-te-cutuco.html


Crista disse...

Obrigada por querer tanto bem para mim!
Liberdade é TUDO!!!!!
Saudades...

Edson Marques disse...


Tornei-me livre para sempre quando descobri que havia um Deus que era outro, uma visão do mundo que era outra, e um tipo de amor que era outro...

Edson Marques disse...



Me encanta e alegra
esse copo suspenso de vinho
tocando vermelho teus lábios de amor.