27.7.14

escrevo pra voce

Eu não escrevo para qualquer um — eu escrevo pra você. Eu escrevo para gente que pensa e brilha como você. Gente que reflete. Por isso é que meus textos são breves, puros, cortantes, refinados e cuidadosamente loucos. Desenhados com doçura, demoro a escrevê-los. Tem dias que eu demoro duas horas para escrever uma frase. Mas tem dias que eu preciso me cegar para te abrir os olhos. Porque você passa o tempo todo em busca de uma coisa inexistente. Você quer segurança, estabilidade e certezas absolutas... Parece que você não sabe que isso é impossível. E parece que você vai continuar procurando quimeras: o homem da tua vida, a mulher da tua vida, o emprego ideal definitivo, um amor eterno, um filho perfeito, um milagre exclusivo. Essas coisas não existem. Mas você, ingenuamente, continua desperdiçando energias vitais nessa luta inglória. As coisas vivem dançando. O mundo é um bailarino. Reaja. Mude. Viva. Dance.

Um comentário:

Edson Marques disse...



Mas também escrevo para Mim.

http://mude.blogspot.com.br/2014/07/escrevo-pra-voce.html