28.7.14

darwin triste

Charles Darwin demorou vinte anos para publicar A Origem das Espécies, por causa da esposa, que era religiosa e não aceitava a Teoria da Evolução. Charles então somatizou angústias, ficou triste, ficou doente. Quando enfim deixou de respeitar os preconceitos da esposa e publicou sua obra — sarou completamente. Moral da história: se você tiver que fazer algo que considera justo, verdadeiro e necessário, não espere autorização de ninguém. Vá — e faça!

4 comentários:

Edson Marques disse...


As esposas geralmente não são boas conselheiras. Em nenhum assunto, quase nem mesmo exceto na educação dos filhos...


http://mude.blogspot.com.br/2014/07/darwin-triste.html


Crista disse...

Para maridão,eu sugiro...mas a decisão é dele e ponto.
Todos devem ser livres para fazer o que acham que é certo...ou não!

Claudinha ੴ disse...

É. Esta é uma versão. Mas eu tenho outra, também confiável, do parentesco dos dois (eram primos) e da grande cumplicidade entre eles. Ela, como toda mulher de bem da época, era levada pelo pensamento comum e influenciada pela Igreja. Ele relutou e ficou quase maluco com o uso de Calomelano, que lhe intoxicava e terapias alternativas (como hidroterapia) que não levavam à nada. Sorte que se rebelou e parou à tempo. No final, ela leu seus manuscritos e ela mesmo embrulhou para que fossem encaminhados à impressão. Ela deu a força que ele precisava, para libertá-lo do dever de respeitar a esposa. Assumiram juntos o risco de "matar Deus", e para grande surpresa, provaram que Deus não morreu, rsrs. Beijo e obrigada por voltar ao TP!

Claudinha ੴ disse...

Ah, e quanto ao final de seu texto: estou totalmente de acordo!