21.6.14

sandalo

Sou contra a ética do sândalo. Sem essa de perfumar a lâmina que pretende te matar. O machado que te fere tem que se feder...

4 comentários:

Edson Marques disse...



Ontem escrevi muito sobre a tão famosa (e tão bobinha) ética do sândalo. A moral do sândalo.

Depois publico tudo aqui.

http://mude.blogspot.com.br/2014/06/sandalo.html

Agora, um copo de leite e um filme de Sidney Lumet.

Edson Marques disse...


Em seguida, ou antes. ver minha Mãe!

Andrea Ribeiro disse...

EM VEZ DO ÓDIO, DO REVIDE E DO RANCOR, LEMBREMO-NOS DO
SÂNDALO, PERFUMANDO SEMPRE O MACHADO QUE O FERE.

Muito difícil esta questão...Estou eu aqui a pensar em cima das minhas próprias vivencias...Nossa ordem é relevar...mas até que ponto...é o mesmo que levantar aquela questão quantas vezes dá a cara a tapa? O bom é procurar a Paz.Todos nós temos defeitos,ninguém é perfeito...cada uma na sua natureza.


Virgínia Viana disse...

Ola poeta!!! Saudades!! quero conversar contigo.. tirar algumas dúvidas!! tem whats ou face? beijos.. até mais