27.4.14

peso das asas

A perda do interesse pelo voo aumenta o peso das asas.

A propósito, como vão as asas do teu espírito pássaro?

Um comentário:

Edson Marques disse...


Eu sei que nem tudo são flores e estrelas na vida das pessoas. Nem todos conseguem livrar-se dos apegos, dos medos — e dos preconceitos. Nem todos conseguem livrar-se da pressa e da opressão. Nem todos conseguem mudar valores errados que herdaram. Inteligência emocional é coisa rara. Nem todos podem sonhar e dançar. A liberdade não se compra por quilo. Nem todos têm a chance de preparar-se, de refinar-se como se deve. O sistema acaba nos atropelando quase todos. O tempo fica escasso. Eu compreendo. Saltar profundo não é pra todo mundo...

Mas que os teus "limites" sejam todos desrespeitados!
Para que o teu espírito pássaro não morra jamais.


Acabei de falar com minha irmã Maria Inês. Amorosamente!

Agora, um almoço no Olimpo. Depois, refinar minha ideia sobre mudanças arquitetônicas num Shopping da Santa Ifigênia - SP.

É a vida...