13.2.14

morra

Eu quero que você morra!

Esse é hoje o meu desejo mais sincero. Eu realmente quero que você morra. Mas que essa tua morte seja apenas a do teu modo errado de viver. Que morra só esse teu lado emocionalmente fraco, tedioso, triste, cambaleante. Que você morra como Jesus morreu: metaforicamente.

Crucifique teus anseios bobos, desfaça-se do que não presta, desmonte as relações que te oprimem, abandone agora mesmo essa vidinha inexpressiva. Dê um belo salto profundo. Morra. Mas morra com um só e claro objetivo: ressuscitar gloriosamente logo mais. Nem precisa esperar três ou quatro dias, nem precisa ser parente do José de Arimateia.

Lembre-se: até Jesus teve que "morrer" um dia para subir aos Céus... Mas não caia na besteira de morrer de verdade, nem de morrer aos poucos. Morra muito e morra logo. E que essa tua morte seja só a morte do teu modo errado de viver.

2 comentários:

Edson Marques disse...


No fundo, eu quero que você VIVA!

http://mude.blogspot.com.br/2014/02/morra.html


Vou agora almoçar. Em SP. E depois vou à Zona Sul, pressionar um idiota que me deve.

É a vida!



Edson Marques disse...


Para mim, enquanto filósofo, é MUITO mais importante questionar um deus qualquer do que aceitar que ele tenha o poder de me salvar na outra vida.