28.1.14

vida bela

Às vezes nós temos que desistir da nossa vida antiga. Das velhas razões. Das velhas relações. Das velhas emoções. Desses móveis quadrados que nos imobilizam... Porque às vezes a vida está só na vida nova.

6 comentários:

Edson Marques disse...

Hoje em SP, ouvindo o sino do Mosteiro. Já meditei, já escrevi, tomei água. Agora, alongamentos, exercícios físicos e mentais.
Mens sana in corpore sano.
É a vida!

http://mude.blogspot.com.br/2014/01/vida-bela.html

ᄊム尺goん disse...

[a gente vai
aprendendo a
observar
só depois de
absorver]

...dia bom, então!

[ contém 1 beijo]

Café Marques disse...

Boa tarde, inicialmente peço perdão pela publicação de sua poesia sem sua permissão (http://cafecontudo.blogspot.com.br/2014/01/mudar.html). Acontece que eu não sabia de quem era, vi aquela foto facebook, fiz uma pesquisa no Google pelo texto e me apareceram várias páginas indicando como sendo da Clarice Lispector.
De toda forma o equívoco já foi corrigido e os créditos (inclusive com o link deste site) foi posto no blog.

De toda forma parabéns pelo poema e me desculpe mais uma vez por não ter investigado a fundo a real autoria dessa preciosidade literária.

Um abraço.

Edson Marques disse...

Eu não luto pela vida: danço com ela!

Edson Marques disse...

Os amores passageiros deixam saudades. Os eternos, a gente esquece...

Edson Marques disse...

Também sou Filho de Deus.
Gêmeo Daquele Outro...