9.12.13

abrir os olhos

Abrir os olhos não é só descolar as pálpebras por sobre os órgãos da visão. Abrir os olhos é voltar-se para o fundo da alma. É voltar-se para dentro de si mesmo e para cima — e deixar que a Luz preencha o nosso livre coração. É saltar com amor e alegria para o abraço profundo dos braços abertos de cada neurônio. Abrir os olhos é ver o invisível em sua própria imensidão.

3 comentários:

Edson Marques disse...

Vou agora tomar um banho.
De olhos bem abertos...

Depois, tomar um iogurte de ameixas e algumas atitudes radicais.

É a vida.

http://mude.blogspot.com.br/2013/12/abrir-os-olhos.html

impressoes disse...

Ana Maria Braga Hoje lhe homenageou, sitando seu poema mude...pena que ela errou o autor.

Edson Marques disse...

O bom de não ter dono é que posso ser amado por todo mundo.