15.11.13

perguntas

Algumas Perguntas.

Quantas vezes você hoje meditou sobre a Vida?
Quantos minutos você hoje caminhou livremente?
Quanto tempo hoje você acariciou um corpo humano?
Quais os alimentos saudáveis que você vai comer?
Tem seguido o que te pede o teu próprio coração?
Quanta gostosura existe nos teus atuais relacionamentos?
Quais são as coisas novas que você aprendeu hoje?
Quantas pessoas você hoje abraçou de verdade?
Quantos livros você está lendo?
Quando foi o teu último êxtase?

Quantas vezes hoje você pensou no Amor?
Quantas vezes você hoje abençoou uma criança?
Quanto de prazer e de alegria o teu trabalho proporciona?
Hoje, quais as coisas maravilhosas que você vai criar?
Como vai a liberdade dos teus amores?
Terá tempo de contemplar a lua e as estrelas?
Tem olhado os pássaros do céu e os lírios do campo?
Como anda o teu Planejamento Estratégico Pessoal?
Quantos anos você supõe que ainda vai viver?
Como vai a tua própria Liberdade?
Quais são os teus Sonhos?
O que é que você quer da Vida?

5 comentários:

Edson Marques disse...

A madrugada está chegando, só pra me abraçar. Enquanto isso, escrevo poesias, faço perguntas, e tomo guaraná...
Amorosamente!

É a vida!


Link para as perguntas:
http://mude.blogspot.com.br/2013/11/perguntas.html

Bandys disse...

MelDeus!! Saudades de voce!
Tomando guarana??? Cade o vinho:?? Ou sera que vc estava me esperando!! hahahahaha. Eu to mais pra santa do que bandyda.

O Trem da Vida dança num arco-íris! E nem sempre meu trem da vida anda no arco-iris, mas eu faço meu arco iris ser meu trem pra vida.

Beijos Mestre!
Essas perguntas estão coladas no meu espelho.

Ygo Maia disse...

Belas perguntas, excelentes reflexões. Muita sensibilidade. Várias respostas para essas perguntas estão dentro de cada um de nós. O difícil é parar e pensar sobre isso. A gente dá tanta importância a coisas banais, que acabamos esquecendo o que é, verdadeiramente, importante para a nossa existência.

Forte abraço!!! É sempre bom vir aqui no MUDE.

http://ymaia.blogspot.com.br/

Edson Marques disse...

Minha felicidade não repousa em lugar nenhum. Ela dança em todos os lugares.

Ramedlav disse...

gostei muito do blog vou visitar mais vezes.