8.10.13

360

As ideias... As ideias eu as tenho como se elas é que me tivessem. Por exemplo, em 10.03.2013 eu tive a ideia 360. É sobre o legado material que vou deixar, além dos livros e do espírito. Já que não tenho filhos (e, consequentemente, nem terei netos ou bisnetos), decidi deixar algo que me parece digno — e bom. Vai envolver, coincidentemente, 360 pessoas. E não é uma coisa simples, pois tem algo a ver com Leonardo da Vinci e a Sequência Fibonacci.

3 comentários:

Ritinha disse...

Então nos conte, pois envolver 360 pessoas não é muito simples.
Bjs, boa sorte e as vezes quando menos esperar aparece um filho, não desses que fazemos, um que já venha feito e lhe adote ao longo da vida, não estou falando de animais de estimação, gente mesmo.
Mas, enfim!
Que venham as boas idéias e que marquem sua presença na história.
bjs
Ritinha

Edson Marques disse...

Eu numero as minhas ideias. Só as grandes, as belíssimas, as que podem virar projetos, empresas ou orgasmos...

Ontem eu tive a ideia 398.

Mas agora só vou me levantar. Tomar café, e ver se de novo vejo a loira de ontem...

È a vida.

http://mude.blogspot.com.br/2013/10/360.html

Edson Marques disse...

Começo a supor que existem estratégias inconscientes pessoais inexplicáveis. Montadas à nossa revelia, escapam da nossa compreensão primária. São racionais, logicamente, posto que originadas no cérebro, embora delas não tenhamos consciência.

Preciso pensar um pouco mais sobre isso.