9.9.13

amor

Já comi ¾ de laranja e uma banana caturra, tomei um copo de leite frio e 250 ml de água benta. Também já dei alpiste ao pardal ali da esquina, e já beijei o espírito amoroso que ainda mora nos jardins da minha Mãe. Já desenhei uma calçada e descobri como é que vou lavar o Mosteiro de São Bento. Vou agora tomar um café preto com açúcar em homenagem a um dos meus dois ancestrais preferidos: Leonardo da Vinci. Depois, descerei à Terra para ampliar meu foco...

A ousadia move o mundo!

3 comentários:

Edson Marques disse...

Minha vida é baseada em fatos reais.
Majestosamente reais...

http://mude.blogspot.com.br/2013/09/amor.html

Agora, vou mesmo tomar o café. E continuar desenhando a calçada. A inclinação dela é enorme, e a Lei não permite que tenha degraus. E ainda resta a questão das entradas das quinze lojas, cujos pisos não são nivelados.

Neste momento, os sinos do Mosteiro batem sete vezes...
Ou serão setenta?

Edson Marques disse...

A imagem que acompanha o texto de hoje é parte de algo que escrevi há três anos, logo após ter almoçado no Ita, um dos meus restaurantes preferidos de são Paulo.

A propósito, o português Luís, sócio de lá, fez-me (como presente especial) um caminhãozinho de madeira, cuja foto eu logo mais publicarei aqui.

Ritinha disse...

Bom dia!!!
Puxa!!!
Quanta coisa fez... É isso aí, enquanto houver energia, sonhos, planos e lugares... seguir em frente, viver... tal qual a música:
"Viver sem ter a vergonha de ser feliz..."
bjs
Ritinha