15.9.13

13

A nova Lua, escandalosamente nova e nua, deitada aqui no madrugante chão azul deste meu quarto, crescente, me pede um copo dágua. Antes, dou-lhe uma frase que me ocorre agora: Quero colocar os meus anseios no teu peito, meu amor. Então levanto-me, abro a janela da Vida — e vejo que já é domingo de novo... Que delícia!

3 comentários:

Edson Marques disse...

Quando Deus não resolve, eu tomo as providências.

Ygo Maia disse...

Lindas palavras, Edson.

Sempre olho para a lua antes de dormir. Ela enfeita o céu de maneira esplêndida.

Abraço!!

Bandys disse...

Oi Edson,

As vezes Deus fa de proposito.

Uma tarde de Domingo repleta de espera pela noite pelo teu amor.


Beijos luas e flores