6.7.13

patricia suzana 013

Patrícia tem cinco pontas prateadas, e também me beija com seus raios de amor. Também é estrela. Por isso, passei a amá-la como se deve amar uma estrela: distante. Mas Suzana tem algo mais, que requer proximidade. Enquanto Patrícia começa a cobrar-me o "compromisso", o cumprimento de uma certa promessa que havia, meio suspensa no ar, de relação fechada, casa própria e aliança no dedo anular — com Suzana eu brinco. De boneca e de carinho. De amor e de ternura. Enquanto Patrícia, já quase advogada, tenta mostrar-me as vantagens de se ter uma base econômica sólida, uma situação estável — Suzana não entende de leis. E só me convida a viver como se a vida fosse um Playcenter. Patrícia está ficando chata; Suzana, deliciosa. Uma quer plantar-me no solo e esperar que eu dê frutos. A outra me dá flores. E me vira de ponta cabeça, me transforma em jardim. Patrícia continua uma estrela — mas Suzana... Suzana cintila.

2 comentários:

Edson Marques disse...

Baseado em fatos reais.
Majestosamente reais...

http://mude.blogspot.com.br/2013/07/patricia-suzana-013.html

Edson Marques disse...

Com qual das duas você acha que eu fiquei?