5.4.13

amor

Enquanto estiver gostoso, fiquem. Enquanto a relação for maravilhosa, permaneçam. Porém, quando os olhares do teu amor já não mais tiverem aquele brilho escandaloso — decidam-se pela salvação. Quando já não se tem paixão arrebatadora numa relação pessoal, melhor saltar enquanto o trem ainda não descarrilou. Enquanto a vida a dois não despencou no abismo... Salvem-se!

2 comentários:

Edson Marques disse...

Uma vez me disseram que pássaros não cantam quando chove. Mentira. Há dois minutos ouvi uma sabiá, e outra que respondeu, longe... E um sanhaço acabou de chegar, todo molhadinho, para bicar a banana, e soltou um trinado, agradecendo. Chove. Muito. E eu tomo o café que fiz com água benta. Os pezinhos de lírio estão viçosos. E a vida, saltitante, deliciosa.

Vou criar alguma coisa nova — agora.

http://mude.blogspot.com.br/2013/04/amor.html

Edson Marques disse...

Numa relação de amor, o tédio é o prenúncio da Morte. Se vocês não se safarem dele — Ela virá.