27.3.13

USP

Hoje eu agradeço à USP por tudo que sou. Durante quase doze anos eu andei estudando por lá — tudo sem pagar um centavo. A todos os meus professores, que me transmitiram informações fundamentais e me mostraram caminhos luminosos, a todos os que refinaram com amor minha loucura e minha lógica: o meu Muito Obrigado!

Tem gente que agradece ao garçom pelo atendimento, ao porteiro por ter aberto ou fechado a porta, ao balconista por ter feito um pacote, ao mecânico por um serviço prestado, ao médico e ao advogado por uma consulta qualquer, etc. Mas nunca agradece aos professores pelas aulas recebidas. Eu era do tipo que agradecia a todos os meus professores, logo após terminada cada aula que me davam. Desde o curso fundamental. Um hábito elegante que me foi sugerido por minha sábia Vó Vitalina. Escrevi sobre meus professores aqui. E também um poema para eles.

3 comentários:

Edson Marques disse...

Amorosamente, sempre!

http://mude.blogspot.com.br/2013/03/usp.html

Edson Marques disse...

Hoje, nesta madrugada, um especial agradecimento ao meu inesquecível professor de Lógica, Oswaldo Porchat. Sem a Lógica dele, eu jamais seria o louco que sou...

cadeorevisor disse...

Justíssima homenagem. Esse hábito deveria ser propagado. Eu, que sou de uma grande família de professores das mais diversas áreas (eu mesmo já tendo me arriscado umas poucas vezes), vejo como a cada dia os professores têm sido mais desrespeitados por alunos, por pais, por estabelecimentos de ensino.
Que os ensinamentos da Vó Vitalina sejam um dia ouvidos pelo mundo!

Abraço,

Pablo
Cadê o Revisor?