6.3.13

araras

As araras amazônicas podem viver até setenta anos, quando em cativeiro. Mas, soltas no seu habitat, vivem em média apenas trinta e cinco. Como se pode concluir, também no caso das araras, quem vive em liberdade corre mais riscos. Além disso, a gaiola oferece alguns confortos que a vida livre não dá. Então, eu te pergunto: se você fosse uma arara, escolheria viver trinta e cinco anos em liberdade — ou setenta em cativeiro?
E se você não fosse uma arara?

4 comentários:

Edson Marques disse...

Tem lógica.
http://mude.blogspot.com.br/2013/03/araras.html

Edson Marques disse...

Hoje eu quero prestar uma homenagem a Hugo Chávez. Perdemos um grande líder. Depois vou publicar algo a respeito.

Dilly Monnete disse...

A diferença é que o nosso pior cativeiro são os limites que nós mesmos criamos .
Obrigada pelas visitas ao meu blog :3
Se todas as flores que me mandas realmente chegassem aqui , eu já poderia ter aberto uma floricultura rsrs'
Abraços <3

Anônimo disse...

Como eu consigo ser tão dúbia?
Como posso crer tão piamente nesta filosofia de liberdade (das araras), e ter passado os últimos 35 anos engaiolada?
Procuro a chave da minha gaiola há muito tempo... acho até que desistí de encontrá.
Covardia? - Sim!