15.1.13

momentos cruciais

Cruciais e deliciosos, estes momentos que atravesso e que hoje me tocam docemente. A vida encontra-me agora voando no limite da coragem. Minha profissão é perigosa: Sou amante do Risco e do Instável, do Incerto e da Surpresa. Entre um largo muro de cimento preso ao chão e a corda bamba de seda à beira do abismo — opto por esta, sempre. Sou um trapezista maluco no escandaloso Circo da Emoção. Todos os meus saltos são mortais, alegres e profundos. Eu viro a lona azul do céu que me descobre pelo avesso. Meu coração não tem juízo... Como poeta libertário, seria pouco não fosse assim. Porque não tenho razões para ser de outra forma. Se posso ser tudo, não preciso ser médio nem comedido — e não quero ser nada além de mim. Amo a Liberdade como se não pudesse amar outra coisa. Não consigo mais viver em conta-gotas: eu agora só vivo aos borbotões.

9 comentários:

Edson Marques disse...

Nem meu cérebro...

http://mude.blogspot.com.br/2013/01/momentos-cruciais.html

sonia k. disse...

Olá, Phoênix! Deu um mergulho profundo e quase atirou ao mar todos os marujos.
Devem ser mesmo cruciais e deliciosos os momentos que está atravessando e o conta-gotas extravasou.
Seu segundo comentário acima tem a ver diretamente com o grifo em azul?
De qualquer forma, bom retorno ao mundo dos viventes, se não lhe for muito penoso, já que é amante eterno do perigo, trafegando pelo Circo da Emoção.
Permaneça bem, mesmo que aos borbotões.

Anônimo disse...

Delicia saber que ainda posso te ler, te querer........
Renasci tb após saber dessa sua suposta chegada ao mundo dos mortos, obrigada.

Suzi disse...

Edson, boa noite!

Teu texto tão forte e vigoroso, ao mesmo tempo, tão suave e delicado... Coração escancarado! A energia de tuas palavras, teu cartão de visita.

Vontade de comentar mais... Mas estou rindo aqui (aliás, só rindo mesmo!)lembrando da energia das palavras... Melhor resumir:

Muito bacana mesmo!... Rs.

Soniaaaa.. iuhuuuuuuuuu... a hipótese da talvez futura homenagem a Baco ainda perdura, ou não? Já que o “ómi” tá mais vivo que nunca!

sonia k. disse...

Baco será curtido com vivos ou mortos rsrs
Grande beijo

Edson Marques disse...

Sonia,

Sim. Nem meu coração, nem meu cérebro têm juízo. Além, o excesso de juízo nos leva a Loucura.

Veja que eu disse "a" sem crase... rs!
E Loucura com L Maior.

Quanto a ser uma fênix, não. Não renasci das cinzas, pois foi só um errinho de interpretação do texto. Depois te conto.

Flores...

Edson Marques disse...

Menina do primeiro comentário Anônimo:

Que bom que você gosta do que escrevo!
E adorei você ter dito que "voltei ao mundo dos mortos"... rs!
Não neste blog, porque aqui somos todos vivos, muito vivos, maravilhosamente vivos!

Flores...

Edson Marques disse...

Suzi,

Obrigado pelo "forte e vigoroso, suave a delicado".

Todos aqui somos assim. E todos, na vida, também deveriam ser assim.
Obrigado pela sugestão de cartão de visitas!

Flores...

Edson Marques disse...

Não há desejo de posse naquilo que admiro...