23.1.13

foco no problema

Diferentemente de quase todos os outros analistas, eu inicialmente foco apenas no problema. Na solução — só depois. Bem depois. Isso vale para resolver questões de amor ou de negócios, tanto faz.

5 comentários:

Edson Marques disse...

É uma questão de lógica, simplesmente.

Depois continuo esse raciocínio aqui mesmo. Talvez, para efeitos de publicação, eu separe os enfoques — de amor e de negócios. Mas, no fundo, eu realmente penso assim.

http://mude.blogspot.com.br/2013/01/foco-no-problema.html

Edson Marques disse...

Só depois de detectado, avaliado, analisado profundamente o problema é que vou pensar na solução.

Formado em Lógica, meu método é este.
E tem sucesso exatamente por isso.

sonia k. disse...

Renovo o que postei. Afinal o problema é que é o problema, não é? Focado nele é que caminhará para desvendar soluções se houverem.
Na minha lógica (e sou danadamente ilógica!), não dá pra tentar soluções sem antes focar nos problemas, pois uma coisa advém da outra.
Mas vou esperar por suas colocações a respeito, pois aqui sou sempre criticada pela minha lógica ilógica ou fora de padrões.

John L.S. disse...

Como isso é interessante de se ver...

Lisa libanesa disse...

HUMILDEMENTE CONFESSO.... FOI-ME DIFÍCIL ENTENDER, MAS COM A TUA EXPLICAÇÃO TUDO FICOU CLARO....OBRIGADA POETA....

LINDO DIA A VOCÊ!


LISA