10.1.13

deus acaso

Deus criou o Acaso.

Pronto. Dessa forma simples, com apenas quatro palavras, eu talvez resolvo a segunda questão filosófica mais crítica de algumas pessoas (geralmente cristãos tradicionais) que defendem o (impropriamente) chamado "modelo inteligente" de criação do Universo, modelo esse que nega, veementemente, a Teoria do Acaso — que aliás é título de um livro meu.

11 comentários:

Edson Marques disse...

Pronto. Dessa forma simples, com apenas quatro palavras, eu resolvo a segunda questão filosófica mais séria das pessoas (geralmente cristãos) que defendem o (impropriamente) chamado "modelo inteligente" de criação do Universo — modelo esse que nega, veementemente, a Teoria do Acaso.

Suzi disse...

Edson,

Boa noite! Boa noite a todos!

Sua permissão para fazer uma "pequena" colocação:

Li o tema pela manhã e fui ao dia. Coração apertadinho, eu tinha uma tarefa chata pela frente hoje. Mas, fiquei matutando.

E hoje aconteceu que um maluco, nada a ver, me convidou para jantar. O gerente do banco, onde fui pedir um empréstimo. Ele destoava por demais do ambiente burocrático dali. já gostei disso, odeio bancos.

Entrei no estabelecimento com um estado de espírito, saí com outro. Saí com o empréstimo concedido e com um convite para jantar.

Não esperava nem a concessão do empréstimo, quanto mais o longo papo, as risadas, o cafezinho, troca de “biografias”, os muitos “eu também”, “eu também” e um convite. Acaso?
...continua...

Suzi disse...

Determinismo seu Acaso é a teoria da Energia.

Energia Suprema sobre o que foi, o que é, e o que quer que venha a ser.

Teatro lotado. Estréia, o nervosismo é sólido no ar.

Blackout. Desespero.

Improviso, velas e candelabros no cenário – no lugar da iluminação high tech prevista.

Público indócil...

Cortinas se abrem, ouve-se um ó... Muito prolongado.

Cenário não poderia estar mais de acordo. Deslumbrante e casando-se com o tema.

Solista desdobra-se.

Êxtase.

Comunhão, palco, platéia. Platéia e palco. Unos.

...continua...

Suzi disse...

Objetivo final, alcançado e excedido nas expectativas.

Deus escreveu o script.

Jesus, Travessinho, salpicou acasos. Jovens! Sabem como são, cheios de novidades.

Comunhão deu o tom.

Script, acaso...?

Energia. Sempre energia.

Em tudo, nos atos, na palavra, no olhar, nas coisas, nas não-coisas, na alma e na alma da alma.

Tudo que é, está centrado na energia. Ou, melhor dizendo, a energia está centrada em tudo. Desde guerras, feitos heróicos. Avanços da ciência. Medicina. Todo o conhecimento humano. E sua prodigiosa produção. A organização do cosmo, sua formação e desaparecimento...

No meu semifredo de mel com lascas de amêndoas... Rs...

Uma prova, uma prova... Mate a cobra e mostre o pau!

Energia das palavras! Essa energia te derruba. Essa energia te levanta.

Ela se prova a si própria - a todo o momento.

A energia de um sorriso te chacoalha quer em ondas ou um pacote de bem estar.

Ser observador e constatar.

...continua...

Suzi disse...

Ratinhos ouvindo a flauta seguem direto para a morte embriagados pelo som...

Objetivo final para tudo: sentir-se bem.

Os ratinhos buscam isso.

Prazer? Ótimo!

Alegria? Ótimo!

Conclusão: sentir-se bem.

O que é estar bem? No mínimo, no mínimo, sem dores. Nem na alma, nem no corpo.

Meu termômetro particular: estou respirando o tanto de ar necessário?

Peito aberto, porque estou feliz: sim, tenho todo o ar de que preciso.

Peito apertado, por algo que sinto: não, está faltando ar aqui.

Observar, analisar e corrigir.

Ficar bem. Respirar.

Script de Deus – pretendia deixar tudo prontinho – mais os Acasos de Jesus – pretendia deixar tudo surpreendente – isso somados à energia que segura as pontas aqui no mundo vasto mundo – meio de cultura propício para segurar as duas idéias - sem a qual não.

Penso que convivem, como podem. E penso mais, que nada sei... Logo,

Let it be!

...continua...

Suzi disse...

Bilhetinho pra Jesus:

Fundamental Jesus,

Boa tarde!

Ô “Jê” é brincadeira heim! Sobre o lance de que Você salpicou Acasos. Foi figura para ilustração, ok?

Não esqueci, em nenhum momento,de que Deus formatou tudo aqui na excelência, nos entregou de mãos beijadas, e ainda por cima, concedeu a cada um de nós a Sagrada Centelha do Seu Poder.

Mas como vê, somos pequenos e ainda não aprendemos a usá-la.

Você bem Vê o que estamos fazendo com tudo, e o que estamos fazendo uns contra os outros.

Quanto orgulho e contradição injustificados.

Ela é nosso Paraíso, nosso inferno, nosso julgamento, sentença e pena.

Ela é a saúde para sempre, a fraternidade entre todos e a longevidade bonita.

Ela nos concede a compreensão do outro, entendimento, aceitação, perdão e amor.

Ela é o certo e o acaso.

Ela é NOSSA ENERGIA DIVINA.

Precisamos urgentemente aprender a usá-LA, bem sei.

Rogo Tua Infinita Paciência!

Sempre tua,

Suzi

Anônimo disse...

Oi suzi...
Perfeita sua colocação!

" Quando criamos paz, harmonia e equilíbrio em nossa mente, encontramos o mesmo em nossa vida."
Louise Hay
Boa noite Alessandra

sonia k. disse...

Edson querido, com toda a simplicidade de sua colocação de apenas quatro palavras, com seu livro Teoria do Acaso - aqui uma ressalva: não consegui ler seus livros até hoje! e creio que não por acaso rsrs - com a admiração que sempre lhe tenho, ainda assim meu amigo querido, não estou convencida de que os acasos existem e são feitos de coincidências. Se foi um Ser maior, mais cheio de sapiência que instituiu o acaso neste mundo que habitamos, não sei.
Aliás o que menos sei é saber, pois quanto mais vivo mais aprendo.
Sempre penso que pra tudo existe um motivo mesmo que não explicável de imediato, mas sempre entendido no decorrer do tempo.
Assunto pra muitos vinhos e um fofo sofá rsrsrs

Suzi, hoje você se superou, menina! De capítulo em capítulo foi do Banco até os limites. Como sempre me encanto na convivência com vocês dois, fico aqui cheia de pensamentos e matutando tudo o que me jogam e que até me confunde, não vou negar.

Muitas flores, estrelas, raios de luar e cantos de passarinhos.

Edson Marques disse...

Voltarei mais tarde (talvez ainda hoje) para comentar os comentários. Porque tenho andado me ocupando em compreender a fundo Nova Lei das Cooperativas e suas repercussões no setor de serviços em condomínios residenciais do Brasil. Afinal, nas horas vagas eu trabalho... rs!

sonia k. disse...

V. sabe que sou discreta. Mas um dia ia lhe perguntar o que v. faz além das lindas poesias e da plantação de filosofia rs
Já vi também seu trabalho no azulejo da fachada de um prédio. Também li parte de sua biografia onde constam algumas passagens profissionais. Agora legislação de cooperativas... bem diversificado, não?
Bom assim, pois não cansa nem enjoa.
Hoje em dia fico enjoada às vezes por não ter o que fazer de mais interessante, em contrário do que fiz por muitos anos num trabalho bem agitado e também diversificado que tinha.
Ao mesmo tempo me dou esse tempo.... carinhosamente comigo mesma rsrs

Edson Marques disse...

Sonia,
Eu nunca gostei de citar certas coisas aqui, mas agora já está ficando "muito" público. Portanto, posso te "confessar" uma coisa quanto ao assunto: Em 2001, eu (com fundamentos socialistas inclusos) criei e fundei uma Cooperativa de Trabalho, da qual fui seu primeiro Presidente. De alguma forma, ainda sou. Tenho sólidos conhecimentos nessa área. Tanto que já tenho 784 páginas prontas, que servirão de base para um livro meu a respeito.

Cito isso em alguma parte de algum dos meus sites profissionais.

Flores e estrelas pra você!